Pesquisa publicada no Congresso Brasileiro de Cirurgia Bariátrica em Florianópolis – SC em 2005.

RECUPERAÇÃO DE PESO APÓS GASTROPLASTIA Y ROUX

 

 

INTRODUÇÃO:

A cirurgia bariátrica tem sido utilizada com segurança para o tratamento da obesidade mórbida. A redução de peso pode atingir até 40% do peso original ao final de um ano. Somente a cirurgia, por proporcionar redução da capacidade gástrica para 20 – 30ml e paralelamente, diminuição da absorção intestinal, promove perda de peso, mas exige o cuidado nutricional do operado, já que o ônus possível é a recuperação do peso a médio e longo prazos.

OBJETIVO:

Descrever a recuperação do peso de pacientes após a cirurgia Fobbi – Capella.

MATERIAL E MÉTODOS:

Foram selecionadas cinco mulheres com obesidade mórbida, com idade acima de 25 anos, submetidas à cirurgia de Fobbi – Capella há 02 anos. O estudo foi retrospectivo e avaliados o peso, índice de massa corporal e registro alimentar de 24 horas nos períodos inicial (antes da cirurgia), após 01 ano e no segundo ano, quando recuperaram parte do peso perdido. Os registros alimentares foram calculados em quilocalorias no programa Virtual Nutri da Escola Paulista de Medicina.

RESULTADOS:

Dado Inicial 01 ano 02 anos
Peso (Kg) 113,7± 8,25 72,5±3 76,1±5,9
IMC (Kg / m2 ) 41,6± 1,25 27,2±3,9 29,7±30,2
Registro 24h (Kcal ingeridas) 3945,3±417,1 1242,5±320 2006±140

A média de idade das mulheres avaliadas foi de 35±10 anos. Verificou-se que as pacientes evoluíram da obesidade mórbida no início, para sobrepeso em um ano. Neste período mantiveram uma ingestão alimentar inferior ao seu valor calórico total, compatível com a restrição que a cirurgia proporciona. No segundo ano porém, aumentaram em média cinco quilos. Proporcionalmente aumentaram em média 500Kcal por dia no seu consumo diário, sempre referindo-se ao consumo de carboidratos simples, sem ter qualquer sintoma que as impedissem de consumí-los.

CONCLUSÃO:                                                                                                                  

Concluiu-se com a presente descrição que pode ocorrer aumento de peso após a cirurgia bariátrica, mesmo com perda ponderal satisfatória. O aumento da ingestão alimentar, superior ao valor calórico total recomendado individualmente, favorece a recuperação do peso. Considera-se essencial que os pacientes obesos, após a cirurgia bariátrica, mantenham o acompanhamento com a equipe multidisciplinar para favorecer a manutenção do peso corporal.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

POWERS PS, ROSEMURGY A, BOYD F, PEREZ A. Outcome of gastric restriction procedures: weight, psychiatric diagnoses, and satisfaction. Obes Surg. 1997 Dec;7(6):471-7.

WOLF AM, KORTNER B, KUHLMANN HW Results of bariatric surgery.
Int J Obes Relat Metab Disord. 2001 May;25 Suppl 1:S113-4.

KESHISHIAN A, ZAHRIYA K, HARTOONIAN T, AYAGIAN C.Obes Surg. 2004 Oct;14(9):1187-92. Duodenal switch is a safe operation for patients who have failed other bariatric operations.